Siga-nos:

Os 8 melhores destinos do mundo para celebrar o Carnaval

 
Cultura & viagens

Os 8 melhores destinos do mundo para celebrar o Carnaval

O Carnaval nasceu na Grécia entre os anos 600 e 520 a.C. e, desde então, é festejado por vários povos um pouco por todo o mundo… em alguns países, é mesmo a celebração do ano. O termo nasceu do latim “carne vale”, que quer dizer “adeus à carne” e antecipa a entrada na quaresma. Todos os anos em Fevereiro, os festejos carnavalescos enchem as ruas do planeta de cor, fantasia, música e alegria. O Brasil detém o galardão de maior Carnaval do Mundo mas, se pretende viajar e conhecer outros festejos carnavalescos, saiba que existem outros destinos onde o Carnaval é igualmente levado a sério!

1. Brasil

Carnaval no Brasil

O Carnaval mais imponente em terras brasileiras é, sem dúvida, o do Rio de Janeiro, com a tradição a repetir-se anualmente: centenas de escolas de samba desfilam no Sambódromo, que se enche de brasileiros e de turistas vindos de todo o mundo, que escolhem precisamente esta altura do ano para visitarem o Brasil. São Paulo, Salvador, Natal, Porto Seguro, Curitiba, Minas Gerais ou Porto de Galinhas são outras cidades que também se destacam na organização de cortejos e festas de grande folia. Com o calor a apertar e a boa disposição no ar, o samba está em cada esquina e, se realmente aprecia o Carnaval, o Brasil é paragem obrigatória.

2. Itália

Carnaval em Italia

O Carnaval de Veneza é tão famoso como o brasileiro e a sua tradição é certamente a mais antiga da Europa. Nasceu no século XII e viveu o seu auge no século XVIII, quando a cidade Rainha do Adriático organizou um baile de máscaras a céu aberto e que ainda hoje se reproduz. Vários palácios também organizam festas de máscaras e são responsáveis por atrair muitos turistas nesta altura do ano, marcado por um Carnaval belo e misterioso. É a beleza de Veneza…

3. França

Carnaval em França

França foi, em tempos, um dos principais organizadores do Carnaval na Europa, mas atualmente são poucas as cidades francesas que assinalam a efeméride. Nice é uma delas e os seus festejos carnavalescos não desiludem. Em Nice, os gigantescos bonecos de papel saem às ruas, representando celebridades, acontecimentos e personalidades atuais, recriando-se ainda a célebre Batalha das Flores, em que as flores usadas para enfeitar os carros alegóricos são atiradas a quem assiste ao cortejo. Uma tradição que se mantém desde 1876 e merece ser vista e vivida bem de perto.

4. Portugal

Carnaval em Portugal

Ovar, Figueira da Foz, Torres Vedras, Sines, Tomar e até a Ilha da Madeira são apenas algumas das cidades que mais investem na organização do Carnaval português. Apesar do frio do inverno, milhares de pessoas saem às ruas, viajando de todos os pontos do país, para verem os cortejos, os bonecos que satirizam a vida política e social do país e as figuras de cada cidade que ocupam, orgulhosamente, o lugar de “Rei e Rainha” do Carnaval. Nem as temperaturas baixas demovem os portugueses do seu Carnaval!

5. Suíça

Carnaval na Suíça

Outro destino inesperado para este tipo de folia é Basileia, onde se celebra o “Fasnacht”, o Carnaval suíço que tem grande expressão na região. Inicia-se logo na segunda-feira que antecede a festa e termina já de madrugada na Quarta-feira de Cinzas. O evento dura 72 horas e culmina com o chamado “Morgestraich”, momento inesquecível quando se apagam as luzes do centro da cidade e apenas se ouve o som das flautas e tambores carnavalescos. Uma experiência imperdível!

6. Alemanha

Carnaval na Alemanha

Em Colónia, os preparativos para o típico Carnaval alemão começam em Novembro e existem eventos e acontecimentos vários que vão decorrendo até à Quarta-feira de Cinzas. A festa decorre sob um inverno rigoroso, mas a cor e a alegria que caracterizam os festejos, já levaram os alemães a batizar o seu Carnaval de “quinta estação do ano”. Um destino a considerar, se o Carnaval quer festejar…

7. Colômbia

Carnaval na Colômbia

Eventos típicos e espetáculos carnavalescos ocorrem todos os anos em Barranquilla, a 700 quilómetros de Bogotá. Cúmbia, pito, gaita, salsa, fandango, mapalé e merecumbé são alguns dos ritmos folclóricos que servem de banda sonora a esta localidade, onde o Carnaval é rainha por vários dias. A celebração tem como ponto alto a Batalha das Flores, realizada no sábado anterior ao início da quaresma e que foi declarada como Obra-prima do Património Oral e Intangível da Humanidade pela UNESCO.

8. EUA

Carnaval nos EUA

Os Estados Unidos da América também é um país que não fica indiferente aos festejos carnavalesco e é em Nova Orleães que se organiza o Carnaval mais famoso do país. Conhecido como Mardi Gras ou Terça-Feira Gorda, a maior particularidade desta festa está na tradição de distribuir colares enormes, coloridos e em grandes quantidades, que todos usam à volta do pescoço. Algumas mulheres até substituem as suas camisolas exclusivamente pelos colares… afinal, é Carnaval, e ninguém leva a mal!

 

Crédito imagens: 1,2,3,4,5,6,7,8
Comentários (0)