Siga-nos:

Base: o princípio de uma maquilhagem perfeita

 
Beleza

Base: o princípio de uma maquilhagem perfeita

Rapariga com base

Tal como o próprio nome indica, a base é o princípio de uma boa maquilhagem, sendo, no fundo, a “tela” sobre a qual trabalhamos as restantes feições. Tendo como principal objectivo uniformizar a tez, terá de ser escolhida conforme o tom e o tipo de pele, para que ilumine o seu rosto!

  • Saber qual o tipo de base ou fond de teint adequado à sua pele é, na realidade, muito simples! Se tiver uma pele seca, prefira as bases líquidas, com características cremosas e hidratantes para um rosto resplandecente. Se, por outro lado, tiver uma pele oleosa ou mista, a melhor aposta é sempre uma base em pó, que vai conferir um efeito mate e combater os pontos de oleosidade.
  • No que toca à escolha da cor da sua base, esta deve ser o mais aproximado possível do seu tom de pele, por isso, há que fazer várias experiências: sempre à luz do dia, com a pele livre de qualquer maquilhagem, experimente as bases no maxilar inferior e nunca no pulso. A zona do maxilar é a ideal porque funciona como um meio-termo entre o rosto e o pescoço. Saberá qual o tom ideal quando este se fundir na perfeição com a sua pele, desaparecendo quase por completo!
  • Não caia no erro de escolher uma fond de teint muito escura simplesmente porque quer obter um efeito bronzeado imediato… o que vai obter é um resultado completamente oposto, porque ficará com um ar mais “pesada” e mais velha e não queremos isso! Se estiver reticente na utilização da base e pensar que um tom muito claro vai parecer mais natural, engane-se, vai parecer muito artificial!
  • Se a sua arma secreta é uma base líquida, a sua aplicação é igual à do seu creme hidratante. Com os dedos ou uma pequena esponja coloque um pouco de base na testa, nariz, bochechas e queixo, espalhando bem e uniformemente, com gestos que vão de dentro para fora da face.
  • Se a sua aliada perfeita é a base em pó, siga os mesmos passos, utilizando a esponja própria desse fond de teint. Quando a base estiver invisível, estará pronta!
  • E se o pescoço estiver à mostra, assim como um bonito decote, não se esqueça de aplicar base nestas zonas também, se não, vai notar-se a diferença nos tons de pele e o efeito é tudo menos agradável!
  • Se não for grande adepta das bases ou se quiser um look mais natural, pode sempre juntar um pouco de fond de teint ao seu creme hidratante e espalhar tudo junto para um efeito minimalista, mas muito suave e radiante.
  • Dois últimos truques: tenha sempre à mão um bom corrector, escolhendo-o numa textura com a qual se sente à vontade. Perfeito para esconder ou minimizar todo o tipo de imperfeições, utilize-o (em quantidades muito pequenas e bem espalhado!) para tornar invisíveis as olheiras, borbulhas e até as cicatrizes. Este deve ser aplicado antes da base e certifique-se que o espalha muito bem. Para um rosto perfeito, pode terminar este ritual com a aplicação de um fond de teint em pó, utilizando pequenos toques nas zonas com mais brilho (testa, nariz e queixo), mas apenas após a base ter secado por completo.
Comentários (0)