Siga-nos:

Como conquistar um homem

 
Amor

Como conquistar um homem

Mulher conquistar homem

Cansada dos jantares passados com as amigas a beber litros e litros de sangria, a lamentar a vida de solteira enquanto rogam pragas a todos os casalinhos in love que entram no restaurante…e ainda por cima todas as noites? Tem saudades de alguém que lhe aqueça os pés (entre outras coisas!) nas noites frias de Inverno? A lista de homens que entra e sai da sua vida já dava um livro? A procura incessante pela sua alma gémea já lhe levou a considerar colocar um anúncio no jornal? Missão: conquistar o homem dos seus sonhos e mantê-lo! Força mulheres!

Mente aberta

Não torça o nariz cada vez que a sua mãe, tia ou prima lhe telefona a dizer que o filho de não sei quem está disponível! Só porque da última vez que o viu andava de calças pelos tornozelos e agora estuda genética molecular, não quer dizer que não seja uma brasa! Aliás, se o CSI veio provar alguma coisa é que os cientistas podem ser inteligentes e lindos de morrer! E quem diz o filho da amiga da sua tia, diz o novato que começou a trabalhar no departamento de recursos humanos ou o melhor amigo do seu irmão que voltou dos Estados Unidos depois de 10 anos fora! Mantenha todas as opções em aberto, a maior parte das vezes o amor está no sítio onde menos se espera.

Frente-a-frente

Os blind dates são um fenómeno americano que nunca chegou a Portugal (sabe-se lá porquê!), mas porque não? Será uma maneira muito interessante de iniciar a sua conquista! OK, não se rendeu à ideia do blind date, não faz mal…na verdade, em pleno século XXI, uma mulher pode perfeitamente convidar um homem a sair. E quem diz sair, não diz que tem de ser logo para um jantar romântico em frente ao mar, pode ser um simples café no final da tarde depois do trabalho, um convite lançado como quem não quer a coisa, claro! Se este cenário também não se encaixa no seu perfil, peça reforços, afinal os amigos são ou não são para todas as ocasiões? Nós mulheres temos muito jeito para organizar jantares que juntam “solteirinhos da silva” coincidentalmente… ou já se tinha esquecido?

Primeira impressão – parte 1

Conseguiu finalmente captar-lhe a atenção entre o bacalhau com natas e a tarte de frutos silvestres…agora não estrague tudo com perguntas tipo: porque é que acabou com aquela rapariga que estava constantemente com os copos? Ou, quanto ganhas? Ou se faz depilação no peito porque não consegue ver um único pelito a espreitar pela camisa entreaberta? Nem o mace com coisas que ele não precisa de saber – do género que está de dieta há dois meses ou que o seu chefe se anda a atirar a si! Pense duas vezes (ou até três se fica muito nervosa na presença do sexo masculino) antes de dizer o que quer que seja – a ideia é não revelar tudo de uma só vez (principalmente que está em missão!) e manter um ar de mistério… assim vai ser ele a procurá-la quando mais logo estiverem todos num bar, ansioso por conhecê-la melhor. Uma primeira impressão é sempre uma primeira impressão, seja qual for a situação. Não ia fazer figura de histérica em frente ao Brad Pitt se algum dia se cruzasse com ele sans Angelina Jolie, pois não?

Primeira impressão – parte 2

A noite já aqueceu e existem dois caminhos possíveis: entregar-se de corpo e arriscar uma one night stand. E mais nada. Kaput. Finito. Bye bye borracho. Ou então (e bem mais difícil!) entregar-se de alma, mas resistir ao corpo. Sabemos que a noite tem poderes sobrenaturais que nos fazem cometer loucuras que nunca imaginamos, mas estamos a falar de uma conquista importantíssima, lembra-se? Não lhe vai dar tudo numa bandeja de prata logo nas primeiras seis horas que passam juntos, pois não? Quem é que ele pensa que é? Quem é que ele pensa que você é? Qualquer uma? Não, você é única, confiante, independente, feliz com ou sem ele. Já o nosso querido e velhinho Robert Frost dizia: “Take the road less travelled by, it will make all the difference”!

Seis meses depois

A contrariar todas as tendências, no dia a seguir “àquele” jantar, alguém telefonou e alguém atendeu…agora o ecrã fica escuro e aparecem letras brancas onde está escrito seis meses depois… As coisas estão a ficar sérias e já sonha com vestidos de noiva Vera Wang ou então vive num pânico constante pensando que um dia vai chegar a casa e encontrar um bilhete de despedida como lhe deixou o outro! Não estrague tudo agora! Lá porque já o conquistou ou vai a meio caminho desta missão top secret, não passe a vida a falar do passado, ou seja, dos três ex-namorados que teve no espaço de cinco meses; nem do futuro, ou seja, do casamento na praia, da lua-de-mel na Jamaica e dos quatro filhos que vão ter – o final desta história pode não ser tão feliz como esperava. Não seja uma melga… ele ainda saca do repelente e lá vai você…

O círculo sagrado

Um homem vem sempre com família, amigos e ocasionalmente algumas amigas – faz parte do pacote sagrado e algumas de nós sabemos isso bem de mais! Estas pessoas que ainda não conhece são uma parte importante daquilo que ele é e das quais não vai, nem deve abdicar. Também não gostaria que ele a obrigasse a escolher entre ele e a sua irmã ou a sua best friend forever, pois não? Não exija o que jamais toleraria. Seja uma mulher com M grande, caramba! Só porque ele ainda não a apresentou aos pais e ao seu best friend forever não quer dizer que tenha vergonha de si – pense antes que quer é guardá-la só para ele! Não o pressione para conhecer todas as pessoas chaves da sua vida num único fim-de-semana, porque assim, se não der certo, não desaparecerá das suas vidas de repente e ter de enfrentar aqueles encontros pós-ruptura constrangedores. Por outro lado, o círculo vai abrir-se, mais cedo ou mais tarde, e depois não há volta a dar, por isso, até lá take it easy. Nada de precipitações.

Declaração de independência

Não seja possessiva. Ele vai desaparecer, sem rasto, num abrir e fechar de olhos, se começa a controlar os seus telefonemas, as suas saídas, a roupa que veste, o perfume que usa e se cada vez que ele se levantar do sofá perguntar “aonde vais”?! É importante que mantenham os vossos interesses, os vossos amigos, os vossos hábitos, os pequenos prazeres que fazem parte de cada um. Que bom que ele vai jogar futebol às quartas (vai manter-se em forma!) e aos sábados à tarde vai tomar café com o pessoal do tuning? Óptimo! Pense na tablete de chocolate que vai poder devorar sem partilhar com ele, da volta pelo shopping que vai poder dar com a sua melhor amiga. Ou então, vai poder colocar o seu DVD de ioga e fazer uma sessão tranquila sem ouvir comentários desconcentrantes ou então pôr o último CD da Madonna a tocar nas alturas, qual material girl! Conquistar um homem não quer dizer que têm de estar de braço dado 24 horas por dia! Meninas, lembram-se do elemento “mistério”…pois é, acha que ele não fica a pensar como será o seu jantar mensal “só mulheres”? Uma independência saudável fomenta a saudade e os reencontros escaldantes!

As linhas da comunicação

E não, não estamos a falar de sms, mms, msn ou e-mails – embora excelentes formas de comunicação – não substituem a conversa verbal. Se o silêncio é de ouro – respeite os seus momentos zen – também a conversa é! Falem de tudo e mais alguma coisa, do tempo, do aumento dos níveis de poluição, das férias que finalmente vão fazer juntos, da separação do Tio Miguel, do emprego que querem deixar, do seu vestido novo, do restaurante que descobriram ontem, falem até a voz os doa…depois podem passar aos beijinhos…

Sexo e a rotina

Que é como quem diz, 99% rotina e 1% sexo! Se por um lado a rotina é confortável e sinal que estão em perfeita sintonia um com o outro, por outro pode destruir uma relação que custou tanto a construir. Não quer parar de conquistá-lo, entediando-o até à morte, lenta e sufocante, pois não? Uma relação sem sexo é como um gelado sem cone, como morangos sem chantilly… não combina e é desenxabido! Depois admira-se que ele não consegue tirar os olhos da vizinha do 7º esquerdo… Faça com que ele tenha olhos apenas para si – mais simples é impossível! Seja para fazer bebés, queimar calorias, descontrair com uma rapidinha inesperada ou preencher a tarde de domingo com sexo tântrico…façam amor. Just do it, com ou sem as sapatilhas calçadas!

Final feliz

Ainda há finais felizes, principalmente se salpicados de lingerie, saltos altos, jantares românticos cozinhados por si, declarações, surpresas, pequenos presentes, fantasias, noites inesquecíveis, conversas longas, segredos e confissões. Ele tem de sentir que é o homem mais sortudo do mundo… ok, você também pode sorrir secretamente quando ele não está a ver ou dar um grito de alegria quando estiver a subir no elevador para a sua casa depois de ter estado com ele! Afinal, missão cumprida! Tom Cruise, chega para lá!Agora relaxe princesa, trate bem o seu homem e terá o seu final feliz.

Comentários (1)
meroca
Sexta, 11/10/2013 - 01:04
xoxotero da pra mim xoxotero em casa