Siga-nos:

Como usar saltos altos todo o dia sem dores

 
Moda

Como usar saltos altos todo o dia sem dores

Sapatos saltos altos

Entre as mulheres e os sapatos de salto alto existe uma história de amor já bem antiga… E quanto maior é o salto, maior é a paixão. Porém, como em todas as relações, nem tudo é perfeito! O uso de sapatos de salto alto durante o dia todo pode trazer consequências para a saúde dos pés e para a postura. De facto, ao final de um dia inteiro a usar sapatos de salto alto, as dores de pés e de costas, os inchaços, as bolhas e os calos são sintomas frequentes. Mas não se preocupe, saiba que há vários cuidados que permitem evitar ou diminuir todos estes inconvenientes, mantendo sempre o estilo. Está preparada para conhecer os truques que lhe vão permitir andar nas nuvens durante todo o dia?

O grande segredo… está em saber caminhar!

O mais importante para não ter dores nos pés é saber caminhar de forma correta. Ao andar, primeiro apoie o calcanhar, depois a palma do sapato e por último a ponta do sapato, ou seja, a zona dos dedos do pé. Nunca altere esta maneira de pousar o pé no chão, de forma a manter a estabilidade de todo o corpo. Se não é assim que tem por hábito caminhar, está na altura de começar a praticar!

Massaje e alongue os pés

Antes de calçar os sapatos de salto alto massaje e alongue os pés, fazendo um ligeiro aquecimento, tal como um desportista antes entrar em campo. Os alongamentos vão preparar os músculos e os tendões para o exercício e o esforço que se avizinha. Repita o exercício depois de descalçar o sapato, para aliviar o esforço dos pés e dos tendões. Ao fazer este exercício diariamente vai sentir menos dores e diminuir a sensação de cansaço ao final do dia.

Descanso merecido

Para aliviar e reposicionar a circulação sanguínea, deite-se de barriga para cima, coloque uma almofada nos seus pés e permaneça nessa posição durante alguns minutos. Acredite, os pés e as pernas vão agradecer!

Água fria é sempre uma boa ideia

 Após a utilização de sapatos de salto alto, lavar os pés com água fria ajuda a aliviar a dor, o inchaço e a melhorar a circulação sanguínea. A sensação de alívio será imediata.

Chega de tortura, aposte em adesivos de silicone

A palma do pé é uma das principais regiões que mais dói ao caminhar, devido ao permanente impacto da palma do pé no sapato, ao pousar no chão. É uma dor comum, principalmente se os sapatos forem novos. E quem já a sentiu sabe que pode chegar ao limite do suportável… Mas não há motivos para pânico! Existem adesivos de silicone que, quando aplicados nesta área do pé, aliviam bastante a dor, pois diminuem a pressão causada pelo peso do corpo. Um pequeno truque que faz qualquer mulher suspirar de alívio!

Prefira os modelos peep toe

Os modelos peep toe possuem uma compensação na zona frontal do pé, aliviando o esforço dos tornozelos. Estes modelos são muito confortáveis para caminhar e distribuem melhor o seu peso. São ideais para usar no trabalho, ou em situações que requerem muitas horas em pé.

Saltos finos VS saltos grossos

Qualquer mulher apaixonada por saltos altos sonha passar o dia nuns Stilletos elegantes, no entanto, quanto mais finos e compridos forem os saltos dos sapatos, mais desequilíbrio irá sentir e, como consequência, mais irá esforçar o pé. Neste sentido, prefira os sapatos de saltos grossos e quadrados, pois permitem uma maior sensação de firmeza e distribuição do peso. Guarde os sapatos com saltos mais finos como uma arma secreta, para arrasar nos momentos mais especiais!

Experimente os sapatos com atenção

Calce ambos os sapatos e observe qual é a região do pé que mais está a sentir pressionada. Observe com calma, pois o pé está a ajustar-se ao sapato, permitindo que descubra e sinta quais os pontos que vão ser mais esforçados com a utilização do modelo. Se ao fim de alguns minutos sentir uma forte dor em alguma área do pé, esta pode ter dois significados: o tamanho do sapato não é adequado ao seu pé ou este não é o modelo adequado. Caso tenha a certeza que está a experimentar o tamanho correto, aconselhamos a pensar bem antes e finalizar a compra. Será que a dor que vai sentir lhe permitirá usar os sapatos?

Palmilhas? Sempre!

 As palmilhas podem ser as melhores amigas de quem usa saltos altos com frequência. É importante que tenha umas palmilhas diferentes para cada par de sapatos, pois os diferentes formatos não permitem o uso de um par universal.

Ao experimentar calçado novo e observar a pisada, peça palmilhas para compensarem o esforço que está a sentir no pé. Se estas não aliviarem a dor que está a sentir, o melhor é experimentar outro sapato, pois com esse vai sofrer!

Compre ao final do dia

Porquê? Porque é no final do dia que os pés estão mais sensíveis e inchados e, por essa razão, ao experimentar sapatos de salto alto vai sentir onde estes a magoam mais, pesando na sua decisão.

Alternar o uso de sapatos

Não vive sem sapatos de salto alto? Então, varie! O uso constante pode causar deformações nos sapatos, provando uma má posição corporal e, consequentemente, dores. Para bem dos seus pés, não use o mesmo modelo muitos dias seguidos. Salto grosso, fino, plataforma, cunha… São vários os estilos que pode escolher para o seu conforto e bem-estar.

Os pés também precisam de mimo

Isso mesmo! Uma massagem ao final do dia, seguida da aplicação de um creme relaxante pode fazer milagres…

Sapatos emprestados? Não!

Evite comprar, “herdar” ou usar emprestado calçado já utilizado por alguém. Sem considerar as questões de higiene e de saúde, é necessário ter em conta que esse calçado está moldado a um determinado formato de pé e, quando usado por outra pessoa, as formas que esse sapato assumiu podem ser prejudiciais para o novo pé, causando instabilidade, feridas e dor. Do mesmo modo, evite emprestar sapatos a alguém, de forma a não perderem a forma do seu pé.

Prefira o calçado de qualidade sem olhar ao preço

 A qualidade tem um preço e, no que diz respeito a sapatos, qualidade deve vir sempre em primeiro lugar. Os pés suportam o peso de todo o corpo durante horas e, se os sapatos não forem de qualidade, podem ser vários os problemas resultantes. Na hora de comprar calçado novo dê preferência a materiais e fabrico de qualidade.

E nunca se esqueça: pés felizes, pessoa feliz!

Comentários (1)
Débora Alves
Terça, 14/02/2017 - 13:59
Adoro sapatos de [url=https://www.spartoo.pt/Sapatos-Femininos-mulher-st-10217-10134-0.php] Saltos [/url]