Siga-nos:

Top 10 filmes românticos para o Dia dos Namorados

 
Amor

Top 10 filmes românticos para o Dia dos Namorados

filmes românticos

Se ainda não ultimou os planos para o Dia dos Namorados, esta noite de paixão é o pretexto perfeito para verem um filme romântico a dois. Seja um clássico ou uma película mais recente, uma comédia ou um drama, uma deliciosa história de amor – mesmo que cinematográfica – é uma óptima maneira de começar ou terminar o Dia de S. Valentim. Celebrem a vossa própria história de amor, num DVD perto de si.

1. An Officer and a Gentleman – Oficial e Cavalheiro (1982)

Um clássico com “C” grande, ninguém se cansa de rever a história de uma mulher emancipada (Debra Winger) e de um homem independente (Richard Gere) que, só depois de errarem e de triunfarem, de se aceitarem a si próprios, com tudo de bem e de mau que isso implica, é que conseguem entregar-se, de corpo e alma, ao amor. Não é assim que deve ser sempre? O bónus? O Richard Gere nos seus anos gloriosos, há qualquer coisa especial sobre um homem em uniforme...

2. Ghost – Espírito do Amor (1990)

Amar e perder alguém com quem se foi tão feliz são razões mais que suficientes para se partir um coração, ou dois. Em Ghost, o amor eterno é levado à letra quando depois de assistir à morte do seu noivo, Sam Wheat (Patrick Swayze), o amor que Molly Jensen (Demi Moore) tem por ele faz com que Sam se mantenha na sua vida, mesmo que seja apenas em espírito. A química entre ambos é muito especial, basta recordar a cena sensual em torno da roda de olaria. Uma história que nos assombra muito para além dos créditos finais…

3. Pretty Woman – Um Sonho de Mulher (1990)

Um filme que dispensa apresentações, a própria ligação escaldante entre Richard Gere e Julia Roberts na grande tela ficou para a história do cinema. Quem nunca sonhou em ser resgatada de uma vida medíocre (ou até má!) por um príncipe encantado lindo, charmoso e… rico?! Uma história de salvamento por amor, uma fantasia mais que perfeita para celebrar o Dia de S. Valentim, principalmente se o programa for com as amigas!

4. Sleepless in Seattle – Sintonia de Amor (1993)

Tom Hanks e Meg Ryan são memoráveis neste romance que junta, ao acaso, dois estranhos que acabam por se apaixonar… mas demoram a percebê-lo, enquanto perdem algumas noites de sono pelo meio! A vida entremete-se e as coincidências podem ou não ditar um final feliz, mas a verdade é que o amor tem destas coisas... e surge quando e aonde menos esperamos.

5. Sense and Sensibility – Sensibilidade e Bom Senso (1995)

Há qualquer coisa de irresistível nas histórias de amor de tempos passados, quando as mulheres envergavam vestidos maravilhosos, os homens cortejavam-nas com uma elegância sublime e o chá das cinco era um verdadeiro ponto de encontro social. Uma obra-prima de Jane Austen que conta a vida das adoráveis irmãs Elinor (Emma Thompson) e Marianne (Kate Winslet) Dashwood desde o momento em que perdem tudo, até reencontrarem a verdadeira felicidade. Também ajuda que o Hugh Grant anda lá pelo meio! Mesmo hoje, em pleno século XXI, o amor requer apenas algum senso e sensibilidade… nada mais, não acham?

6. Shakespeare in Love – A Paixão de Shakespeare (1998)

Com um twist humanista e divertido sobre a super-obra de Shakespeare este filme, que arrecadou 7 Óscares, merece realmente uma ovação apaixonada. Graças às presenças preciosas e interpretações refrescantes de Gwyneth Paltrow e Joseph Fiennes, o velho Shakespeare ensina-nos uma valiosa lição sobre o amor: viva o presente sem se preocupar com o amanhã, até porque “it's better to have loved and lost than never to have loved at all”…

7. Bridget Jones's Diary – O Diário de Bridget Jones (2001)

E porque o amor também se faz de gargalhadas, peripécias inesperadas e coincidências estrondosas, Renee Zellweger, Colin Firth e Hugh Grant juntaram-se para nos dar 97 minutos de diversão pura, à boa maneira inglesa. Entre a pena que sentimos por Bridget Jones, disfarçada sobre o riso difícil de controlar, está ainda a sensação recorrente de “já estive no teu lugar”. O melhor é mesmo alugar o primeiro e o segundo!

8. Love Actually – O Amor Acontece (2003)

O que é melhor do que uma história de amor? Várias histórias de amor em simultâneo! Observar de perto casos amorosos que podiam muito bem ser os nossos, sem saber com vão ser os diferentes finais... felizes ou não? Tal e qual na vida real. Vale principalmente pelo seu elenco de luxo – Colin Firth, Hugh Grant, Keira Knightley, Liam Neeson, Laura Linney, Bill Nighy, Rowan Atkinson, Alan Rickman, Emma Thompson – onde constam ainda a portuguesa Lúcia Moniz e o brasileiro Rodrigo Santoro. Se ainda não viu, esta é uma boa noite para fazê-lo!

9. The Notebook – O Diário da Nossa Paixão (2004)

Baseado no livro com o mesmo nome de Nicholas Sparks, a sua adaptação à tela de Hollywood produziu aquilo que se esperava – um delicioso romance que arranca nos glamorosos anos 40. Atravessando várias décadas – desde uma paixão de Verão arrebatadora, à consolidação de uma relação sólida e à qual é impossível virar as costas, o drama de Noah (Ryan Gosling) e Allie (Rachel McAdams) sobrevive a todos os obstáculos e intempéries que assolam os casais apaixonados. A lição é fantástica: por de trás de cada grande amor está uma grande história.

10. Pride & Prejudice – Orgulho e Preconceito (2005)

Keira Knightley e Matthew Macfadyen dão vida, energia e romance às míticas personagens de Jane Austen (que mais podemos dizer, se não esta mulher sabia do que escrevia!), durante o lento desenrolar de uma paixão escondida que assume contornos imparáveis à medida que Elizabeth Bennet e Mr. Darcy se apercebem que foram feitos um para o outro. Uma história de amor à antiga, mas mesmo assim tão actual.

Comentários (0)