Siga-nos:

O poder dos afrodisíacos

O poder dos afrodisíacos

A designação “afrodisíacos” encontra-se associada à deusa grega Afrodite – a deusa do amor, da fertilidade e da beleza – sendo utilizados pelo Homem desde os tempos milenares, com o objetivo de melhorar a performance sexual. De facto, o afrodisíaco refere-se a qualquer substância na qual são atribuídos estimulantes sexuais, simbolizando, igualmente, a fertilidade.

Consequentemente, durante séculos o Homem procurava, na natureza, substâncias estimulantes como frutas, plantas, alimentos, sendo que essa procura mantém-se nos dias de hoje. De facto, o “pau de cabinda” é um exemplo de um afrodisíaco utilizado nos tempos contemporâneos, por existir a crença de que tem propriedades estimulantes e revigorantes para a saúde sexual do indivíduo. Outros exemplos são o chocolate, devido à sua propriedade energética, assim como o guaraná e o amendoim.

Contudo, não é só através dos alimentos ou de bebidas que podemos ser sexualmente estimulados. A atração humana começa pela visão e pelo olfato que são extremamente importantes, na medida em que poderão despertar ou aumentar o desejo sexual.

Os afrodisíacos são substâncias ou alimentos que têm a capacidade de estimular, de promover o funcionamento sexual, de despertar ou aumentar o desejo sexual e, consequentemente, de melhorar a relação sexual e/ou amorosa. Contudo, o que poderá ser considerado como um estimulante sexual para uma pessoa, poderá não o ser para outra.

Também existem substâncias anafrodisíacas, ou seja, substâncias que têm a capacidade de diminuir o desejo sexual. Entre elas encontra-se a cânfora e os coentros.

Segue-se uma lista de alguns alimentos, com propriedades afrodisíacas, e que todas nós podemos ter no armário da cozinha. Uns associam-se à fertilidade, outros apresentam formas similares aos genitais do homem e da mulher; e outros porque acredita-se que são sexualmente estimulantes.

Boas Receitas Afrodisíacas!

  • Frutas: Amêndoa, Banana, Coco, Tâmara, Pêssego, Morango, Framboesa, Romã, Figo, Maçã, Marmelo, Pera, Uva.
  • Frutos Secos: Amendoim, Pinhões.
  • VEGETAIS: Alho, Arroz, Agrião, Cebola, Cogumelos, Milho, Nabo, Pimentão-doce, Pimentão picante, Trigo, Trufa.
  • CONDIMENTOS: Açafrão, Alecrim, Baunilha, Canela, Cravo-da-Índia, Gengibre, Noz-moscada, Pimenta.
  • CARNES: Testículos, Fígado e Rim, Tartaruga, Caracol.
  • FRUTOS DO MAR: Ameijoa, Mexilhão, Vieira, Lula, Polvo, Camarão, Lagostim, Caranguejo, Lagosta e outros crustáceos, Ouriços-do-mar, Ostras.
  • BEBIDAS: Café, Chá, Chocolate, Mel, Absinto, Anis, Champanhe, Grand Marnier, Xerez, Vinho do Porto, Parfait Amour, Vodka.

Dra. Sofia Melo Refoios

A designação “afrodisíacos” encontra-se associada à deusa grega Afrodite – a deusa do amor, da fertilidade e da beleza – sendo utilizados pelo Homem desde os tempos milenares, com o objetivo de melhorar a performance sexual.